SALAS DE REUNIÕES

AUDITÓRIO (120 pessoas)

ESPAÇO DE COWORKING

SALAS DE FORMAÇÃO

ALOJAMENTO VIRTUAL

O Lufapo Hub

Cocriação, Inovação e Empreendedorismo

O Lufapo Hub, inspirado em iniciativas internacionais e nacionais de sucesso e nas novas políticas económicas que privilegiam a cocriação, a inovação inclusiva e o empreendedorismo, tem como foco a dinamização das indústrias criativas e o fomento da incubação e aceleração de ideias, potenciando sinergias com as indústrias tradicionais e tecnológicas,

Público-Alvo

Ambiente Sinérgico de Referência

O Lufapo Hub pretende estabelecer-se com um eixo de referência, com um público-alvo definido a 4 níveis: Criadores, Coworkers, Startups e Scaleups.

Empresas Residentes

Auditório

Fazer marcação

Salas de reuniões

Fazer marcação

Espaço de coworking inspirador.

Entrar em contacto

Salas de formação

Fazer marcação

Alojamento de empresas

Alugar espaço
0
Postos de Coworking
0%
Alojamento para novos projetos
0
Ateliers de co-criação com + de 1.000 m2
0
Salas de reuniões e formação
0
Auditório para 120 pessoas
A nossa história

O Lufapo Hub e a Bauhaus

A Bauhaus, foi uma escola revolucionária de arquitetura e arte vanguardista, inaugurada em 1919 em Weimar na Alemanha. Foi uma das maiores e mais importantes expressões do que é chamado Modernismo, sendo considerada a primeira escola de design do mundo e a que mais influência teve nos últimos 100 anos. A fábrica cerâmica LUFAPO surge precisamente nesta época, julga-se que também em 1919 e durante quase 60 anos foi um dos mais importantes complexos industriais cerâmicos do país.

100 anos depois do seu surgimento, o CTCV, hoje dono do único edifício que resta da antiga LUFAPO, cria o projeto Lufapo HUB, inspirado no movimento New European Bauhaus. Um projeto comum europeu que visa criar formas de vida em comunidade mais belas, sustentáveis e inclusivas. Será um exemplo da interdisciplina entre a arte, a cultura, a inclusão social, a arquitetura, a ciência e a tecnologia que, através da co-criação e do esforço coletivo, pretende conceber futuros modos de vida sustentáveis, inclusivos e belos para a nossa mente e a nossa alma!

Não se consegue situar com exatidão a data do nascimento da indústria cerâmica do Loreto. Contudo, julga-se que surgiu neste local, junto à linha do caminho-de-ferro e a EN1, em consequência da necessidade de deslocar as inúmeras cerâmicas que abundavam na baixa de Coimbra durante o século XIX, impedidas de se desenvolverem por estarem estranguladas pela própria cidade.

A história do Lufapo Hub, Séc. XIX

Sabe-se que em 21 de Junho de 1923, a empresa A Cerâmica Limitada, escriturou um terreno situado no Vale Paraíso, no Loreto, freguesia de Eiras, onde já estaria construída uma “casa de R/C, primeiro andar e águas furtadas; um pavilhão e uma casa destinada à central de força motriz”. Em construção estariam “dois pavilhões, para fabrico de faiança e carpintaria”.

A história do Lufapo Hub, 1923

Considera-se que esta unidade fabril, localizada num terreno com cerca de 9 hectares, iniciou a época da grande indústria cerâmica em Coimbra, tendo tido um crescimento rápido nos primeiros anos de produção “chegando mais tarde a empregar cerca de 1000 operários e a ser, no seu género, uma das maiores do país.”

A história do Lufapo Hub, Década de 1920

Esta indústria, localizada num terreno com cerca de 9 hectares, foi também inovadora para o seu tempo, tendo construído algumas casas para operários, um campo de futebol, laboratórios, escolas e creches para os filhos dos trabalhadores, entre outros. A fábrica era constituída por múltiplos edifícios ligados entre si, e construído em vários patamares. Julga-se que em 1929, a Companhia das Fábricas Cerâmica Lusitânia adquiriu este complexo industrial.

A história do Lufapo Hub, 1929

Sabe-se que a marca LUFAPO foi usada em louças domésticas, decorativas, sanitárias e eletrotécnicas, azulejos lisos e decorados, mosaicos cerâmicos, ladrilhos hidráulicos, grés para canalizações e produtos refratários. De acordo com os registos encontrados no arquivo urbanístico da câmara municipal de Coimbra, em 1955 o edifício principal da LUFAPO foi ampliado, acrescentado mais um piso.

A história do Lufapo Hub, 1955

Infelizmente, à semelhança das outras indústrias cerâmicas de Coimbra (e não só cerâmicas), este complexo industrial entrou em declínio culminando na sua insolvência e, em 1977, o município de Coimbra fica com a sua penhora.

A história do Lufapo Hub, 1977

Finalmente, em 1987, o edifício passa para a gestão do CTCV, que faz novamente obras de ampliação, adicionando mais um piso ao edifício A, construindo simultaneamente e de raiz os edifícios B e C.

A história do Lufapo Hub, 1987

Em 2022, o CTCV cria o projeto LUFAPO HUB. 100 anos depois este novo projeto estará também ligado ao movimento New European Bauhaus! Pois o LUFAPO HUB integrará o projeto comum europeu que visa criar formas de vida em comunidade mais belas, sustentáveis e inclusivas.

A história do Lufapo Hub, 2022

Lufapo Hub is the place to be

Junta-te ao hub de referência da região centro de Portugal!

    Quem és?
    lufapo-hub-citech-boost-logotipo

    O programa de ideação e aceleração de base industrial.